DICA: Qual o melhor horário para postar no Facebook?

De todas as perguntas feitas em nosso workshop Comunicação Radical, a mais frequente é sobre qual o melhor horário para postar no Facebook. Para responder à esta pergunta existem diversos estudos e  dezenas de infográficos, muitos deles baseados em dados do exterior, mas como estamos no Brasil é adequado usar um estudo da Sprinklr, empresa de monitoramento de mídias sociais. O estudo chamado “Os Horários Nobres nas Mídias Sociais” além de bem Brasileiro e atualizado usa como parâmetros dados concretos obtidos pela análise de mais de 160 milhões de menções em mídias sociais coletadas durante o ano de 2015, e que cita outras redes sociais além do Facebook.

Pelo gráfico reproduzido abaixo podemos concluir sem sombra de dúvida que o melhor horário para postar no Facebook é entre 11h e 12h e 14h e 17h, e ainda que o melhores dias da semana para postar são terça, quarta e quinta feira, e o desempenho da postagem cai significativamente no final de semana.

Melhores dias e horas para postar no Facebok
Reprodução do estudo “Os Horários Nobres nas Mídias Sociais” publicado pela Sprinklr

Observamos ainda que é extremamente improdutivo postar algo no Facebook entre 23h e 11h do dia seguinte, momento em que há menor resposta dos usuários.

Mas e com relação ao número ideal de postagens por dia? Postar várias vezes ao longo do dia é produtivo?

Segundo levantamento feito pelo blog Viver de Blog, uma postagem no Facebook tem uma vida ativa de 3h e 12min e o número ideal de postagens é de 1 à 2 por dia, pois quanto mais você postar, menor o alcance, porque o algoritmo do Facebook reduz a exposição quando há postagens em curto intervalo de tempo.

Recomendamos fortemente baixar o estudo da Sprinklr que tem mais dados detalhados e de outras redes sociais.

É preciso levar em conta que saber o melhor horário para postar não é a única variável importante, é preciso ter uma mensagem relevante e conhecer a dinâmica da linha do tempo do Facebook para melhor aproveitamento da sua campanha, assim como saber impactar e ativar diferentes atores numa comunicação radical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *